- Paróquia Santa Teresinha - https://psteresinha.com.br -

A Paróquia

[vc_row][vc_column width=”1/1″][vc_column_text]PS Teresinha_Externa1 [1]Criada em 16 de setembro de 1966, a Paróquia Santa Teresinha foi confiada à Companhia de Jesus. Desde então, os jesuítas passaram assumi-la.
Nossa missão é de promover a vida humana e cristã por meio dos ministérios relacionados à Palavra, à evangelização e a formação cristã. O significado da palavra “paróquia”, de origem grega, de certo modo, define o cuidado pastoral por aqueles que estão em torno da casa – da Igreja – do Senhor. Portanto, a paróquia existe em função das pessoas de determinado espaço territorial ou afetivo. Nesse sentido, ela é desafiada a ser um espaço de comunhão eclesial, ou seja, de convivência humana e religiosa, onde o cuidado com o próximo, conferido ao pároco em cooperação com outras pessoas, promova a fé e a justiça.
Ao ser confiada aos jesuítas, a Paróquia Santa Teresinha passou a integrar e absorver a tradição espiritual e apostólica da Companhia de Jesus, principalmente pelos Exercícios Espirituais e pelo trabalho social apostólico. Fazem parte também dessa tradição a Vila Kostka e a Creche Mãe Rainha, em Itaici, Indaiatuba.
A Paróquia Santa Teresinha tem, portanto, a missão de promover à educação da fé, os valores humanos, a fé e a justiça, integrando a espiritualidade carmelita à dos jesuítas, contemplativos na ação, para os quais o amor consiste mais em obras do que em palavras, bem como em perceber que a única coisa necessária é unir-se mais a Jesus, e tudo mais virá por graça e acréscimo do bondoso Deus, que é Pai.

PS Teresinha_Interior 2 [2] PS Teresinha_Interior 3 [3]

 

História

Antes de existir a matriz de Santa Teresinha, existiu uma capela. Antes de existir a capela existiu uma promessa. Quem testemunha a respeito da promessa é a Sra. Jaije Turini Stocco, que diz que o seu pai, Jacinto Turini, falecido em 24 de fevereiro de 1937, em consequência de uma epidemia de febre amarela em Itaici, fez a promessa de construir uma igreja em honra a Santa Teresinha. Esta capela existiu até a década de 1950.
Nesta década de 50 começa a construção da casa que seria o noviciado dos padres jesuítas. Juntamente com esta construção, começa também a construção da futura matriz de Santa Teresinha.
A capela foi construída na década de 50, mas antes disso o povo já era muito bem assistido. Os jesuítas adquiriram a fazenda chamada fazenda das Taipas. Nessa fazenda havia a casa grande, hoje chamada de casa velha. Os jesuítas que vinham passar as férias nessa casa davam catecismo, formaram o apostolado da oração, a pia união, a catequese. Tudo bem organizado, com celebração de missa aos Domingos, pelo menos nas férias e sempre que havia padre na casa.
Assim era Itaici até o ano de 1966, quando foi dado o decreto da criação da paróquia. No livro do Tombo está transcrito o decreto da sua criação, com data de 16 se Setembro de 1966, formada por desmembramento das paróquias Candelária e Santa Rita de Cássia. O decreto é assinado pelo arcebispo de Campinas, Dom Paulo Tarso de Campos.

[/vc_column_text][/vc_column][/vc_row]